Posted on

Como fazer o controle de acesso de pessoas em Negócios compartilhados.

Os novos modelos de negócio como os aluguéis de casas feitos pela internet e direto com o proprietário e os coworkings, que são baseados no uso comum de espaços e serviços, trouxeram inúmeras vantagens como redução de custos, maior oferta e conexão de pessoas. Mas, com elas, também vieram desafios como o de garantir a segurança em seus ambientes. Neste ponto, o controle de acesso de pessoas é fundamental para conquistar a confiança dos clientes.

Saber quem entra e sai do espaço compartilhado de trabalho ou restringir o acesso do inquilino depois que o período de aluguel terminar dá tranquilidade não só aos donos dos imóveis mas também aos usuários.

Veja quais ferramentas podem ajudar os gestores de coworkings e locatários online de casas e apartamentos a tornar mais seguros seus escritórios e acomodações.

Soluções para o controle de acesso de pessoas
As soluções para o controle de acesso de pessoas, além de mais seguras, tornam a entrada e saída dos locais mais práticas e rápidas. Vamos falar de dois tipos: os sistemas de controle de acesso, ideais para os coworkings, e as fechaduras digitais, equipamentos muito úteis para o uso residencial.

Sistemas de controle de acesso para coworkings
Estes equipamentos ajudam também a identificar pessoas – o registro de quem entra no local é realizado pelo equipamento, 24 horas por dia, 7 dias por semana – e a gerenciar o fluxo de usuários, como por exemplo, controlar a entrada pelo período contratado ou limitar os dias e horários em que se pode ter acesso ao espaço.

O monitoramento pode ser configurado para diferentes permissões. É possível cadastrar um grande número de biometrias na entrada principal e liberar senhas e cartões de proximidade para acessos em algumas áreas internas mais específicas, como salas multimídias ou algum ambiente controlado.

Outro ponto positivo desse sistema é que se pode bloquear imediatamente a permissão de acesso de um cadastro biométrico, senha ou cartão. Isso é possível de forma rápida e sem mudanças físicas, já que o bloqueio é feito por meio de um software centralizado.

Solução para o gerenciamento de clientes: indicado para locais de alta circulação, controla até 5 mil usuários e 1,5 mil biometrias. É um controlador de acesso com display touch screen e abertura via senha, cartão de proximidade e leitor biométrico. Também é compatível com fechaduras eletroímã, eletromecânica, leitores e automatizadores de portão. Por meio da conexão com um software de gerenciamento é possível administrá-lo à distância, ou seja, você gerencia tudo remotamente;
Solução (apenas) para o controle de entradas: é ideal para controle de entrada e saída de pessoas em locais de pequena e média circulação (até mil usuários). O acesso pode ser feito por senha ou cartão de proximidade (RFID 125 kHz) ou ainda por acesso combinado (senha + RFID). É compatível com fechaduras eletroímã, eletromecânica e automatizadores de portão.
Fechaduras digitais para casas e apartamentos
Este é o item ideal para quem aluga sua casa, pois é possível adicionar ou remover o acesso de uma pessoa sem precisar trocar a fechadura das portas, evitando assim a preocupação caso o inquilino tenha levado a chave ou, até mesmo, feito uma cópia.

A fechadura digital é prática: dispensa o uso de chaves, liberando o acesso por meio de biometria, senhas ou cartões de aproximação. Existem modelos de sobrepor, que podem ser colocados junto a fechadura convencional, e também de embutir, todos com alarme anti arrombamento, sensor de porta aberta, função senha protegida e travamento automático.

Modelo de sobrepor com senha: sua abertura é feita através de 4 senhas em teclado touch screen, de 4 a 12 dígitos, sem precisar de chaves. Uma ótima opção para aqueles que desejam segurança e comodidade investindo pouco;
Modelo de sobrepor com senha e chaveiro de proximidade: possui como métodos de identificação a senha numérica (teclado touch screen de 4 a 12 dígitos), e chaveiro de proximidade. Permite o cadastro de até 4 senhas ou o uso de 5 chaveiros;
Modelo de sobrepor com senha e biometria: possui abertura por 4 senhas, teclado touch screen de 4 a 12 dígitos, e permite o cadastro de até 100 impressões digitais;
Modelo de sobrepor para portas de vidro: pode ser instalado em portas de vidro de até 10 mm com abertura para o lado direito ou esquerdo. A abertura é feita por senha no teclado touch screen (até 4 senhas) ou através do chaveiro de proximidade (até 100 cadastros). Serve para três tipos de instalação: vidro × vidro, vidro × alvenaria e vidro × madeira;
Modelo de embutir: tem todos os benefícios das demais fechaduras. A grande diferença é que esse produto é de embutir na porta e já vem com maçaneta reversível que deve substituir a maçaneta atual. Como é reversível, pode ser instalada tanto em portas que abrem para o lado esquerdo como lado direito. O acesso é liberado por senhas ou chaveiro de aproximação, e há versões ainda mais completas, com quatro modos de abertura: senha, cartão, biometria e chave física.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *