Posted on

Governo e empresas se unem para criar o Projeto 5G Brasil

Proposta tem como objetivo fomentar a construção do ecossistema de quinta geração de telefonia móvel no País.

Representantes da indústria e das prestadoras de serviços de telecomunicações, do governo federal, Anatel, academia e centros de desenvolvimento tecnológico formalizaram, no dia 15 de fevereiro, a criação do Projeto 5G Brasil, que “terá como objetivo fomentar a construção do ecossistema de quinta geração de telefonia móvel no País e sua participação nas discussões internacionais”, segundo o comunicado oficial.

De acordo com a nota distribuída pela Telebrasil, que encabeça o projeto ao lado do governo, o ministro de Ciência e Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab, ressaltou a importância da criação do Projeto 5G Brasil.

“A iniciativa complementa as ações em curso pelo governo federal para o fomento ao desenvolvimento da tecnologia 5G, dentre elas o financiamento a projetos de pesquisa e desenvolvimento, a participação em fóruns de padronização e a cooperação internacional, trazendo a importante interlocução do setor privado por meio das entidades representadas pela associação”,.

Para o secretário de Política de Informática do MCTIC, Maximiliano Martinhão, “agora, estamos tendo a oportunidade de o setor trabalhar junto com a academia, com os fabricantes. Temos um trabalho de antecipação à entrada do 5G no Brasil”.

Martinhão afirmou que a iniciativa cria um ambiente forte para a inovação, para o desenvolvimento sustentável do setor móvel e para a geração de conhecimento no País.

“O 5G impulsiona a Internet das Coisas, vai impulsionar a tecnologia dos smartphones, a conectividade dos automóveis. Enfim, vai surgir um monte de coisas bacanas”, acrescentou.

O ecossistema de 5G engloba a pesquisa básica e aplicada, o desenvolvimento de produtos e soluções de sistemas de engenharia, industrialização de produtos e soluções e aplicações práticas e compartilhamento de informações.

Com o Projeto, o Brasil se credencia para participar previamente de discussões internacionais para a definição de critérios para a implantação do 5G no mundo.

Está prevista para o Mobile World Congress, que acontece na próxima semana em Barcelona, a assinatura de um Memorando de Entendimento entre o Projeto 5G Brasil e a 5G Infraestructure Association (órgão da Comissão Europeia).

O Conselho Diretor do Projeto 5G Brasil será presidido pelo Secretário-Geral da Telebrasil, Cesar Rômulo Silveira Neto. São integrantes do projeto até o momento: Abinee, Anatel, Cetuc, CPqD, Ericsson, Fitec, Huawei, Inatel, Informa, MCTIC, NEC, Nokia, Oi, Qualcomm, Sindisat, SindiTelebrasil, Telebrasil, TIM e Trópico.

 

Fonte: Exame.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *